quinta-feira, 28 de maio de 2015

WITH THE ANIMAL


Creio que poderia transformar-me e viver com os animais.
Eles são tão calmos e donos de si.
Detenho-me para contemplá-los sem parar. 
Não se atarantam nem se queixam da própria sorte, 
Não passam a noite em claro, remoendo suas culpas,
Nem me aborrecem falando de suas obrigações para com Deus. 
Nenhum deles se mostra insatisfeito, nenhum deles se acha dominado pela 
mania de possuir coisas. 
Nenhum deles fica de joelhos diante de outro, nem diante da recordação
de outros da mesma espécie que viveram há milhares de anos. 
Nenhum deles é respeitável ou desgraçado em todo o amplo mundo.

(Walt Whitman)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!