sábado, 22 de agosto de 2015

O Silva

O Silva foi astronauta profissional de carteira assinada por 22 anos. Antes disso ele tinha sido auxiliar de alfaiate e lambedor de selos. Quando o Silva ia pra alguma missão espacial, ele sempre levava um punhado de terra dentro das suas botas galácticas. Dizia, de um jeito zombeteiro, enquanto escalava pela plataforma de lançamento:


“- É para que, mesmo sem gravidade, eu tenha sempre os pés no chão.”

Os outros astronautas o ridicularizavam. Nenhum deles achava essa atitude engraçada.

O Silva virou astronauta por acaso, em uma época em que os concursos públicos pra esse tipo de cargo nem eram muito concorridos. Mas não era o lance dele. Fazia isso pra tirar um troco.

Desde pequeno, o Silva sonhava mesmo era em ser um pequeno agricultor. E não podia ser um agricultor. Tinha que ser um pequeno. Cuidar da lavoura e, eventualmente, se embrenhar na selva pra caçar comida. De fato, o Silva era um sujeito da terra e, principalmente, da Terra.

As missões lhe causavam enormes enjoos que, muito antes de serem fruto da falta de gravidade, o eram da saudade que o Silva sentia de colocar os pés no chão.

Um dia o Silva pediu demissão. O dinheiro que recebeu não foi muito. Nem dava pra comprar um pequeno lote pra uma pequena horta. Então o Silva percebeu que sua única alternativa na vida seria se tornar um DJ amador. Comprou uns equipamentos, um walkman e uma fita k7 chamada “Summer Hits 1985 – The best of the season”.

O Silva chegou a animar umas duas festinhas no bairro em que morava, sem grande sucesso. Então, comprou um engradadinho de cerveja e voltou pra casa, frustrado e sozinho. Afundou no sofá, engordou e ouviu uns "Summer Hits".

Está lá jogado há um tempo. A pilha do walkman já acabou, mas ele está assistindo, pela quarta vez, todos os episódios de “Miami Vice”. Vai continuar ali ainda por um bom tempo, ou até perceber o que todos nós já sabíamos ser a única saída pra que essa tristeza se dissolva:

Só a selva salva o Silva.



Abaixo, a canção que o Silva mais gosta da fita k7 que comprou:

video
(Tarzan Boy - Baltimora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!